Rua Dr. João Clímaco Pereira, 46 - Itaim  Bibi - São Paulo, SP 04532-070

Horário de atendimento de segunda a sexta das 8:00 as 20:00hs

Sábado das 8:00 as 14:00hs

Tel: (011) 3849-0543

Tel: (011) 99458-9106

Todos os Direitos Reservados - IPO - Instituto Paulista de Otorrinolaringologia

Pós-Operatório

Pós-Operatório

O IPO importa-se com seu paciente, contamos com um tratamento

pós-operatório para sua recuperação plena.

Contamos com tratamentos relacionados aos problemas de ouvido, nariz e garganta. Os procedimentos cirúrgicos são realizados após rigorosa avaliação e somente quando muito necessários. 

O diferencial do IPO (Instituto Paulista de Otorrinolaringologia) é que toda a nossa equipe é especializada no tratamento de: 

 Pós-Operatório da Cirurgia de Amígdalas e Adenóides
 

Após o término da cirurgia, o paciente fica um certo período( variável de 30 minutos a 1 hora), na sala de “recuperação pós-anestésica”. Em seguida, vai para o quarto. O paciente pode chegar ao quarto um pouco confuso, sonolento e com saliva que contém sangue. É possível a ocorrência de vômitos com a eliminação de um líquido escuro, que lembra uma “borra de café”, via de regra, em grande quantidade, o que não deve ser motivo para preocupação. Após a cirurgia, o paciente sente dor na garganta e às vezes, também nos ouvidos. Até os sete dias seguintes, pode ocorrer febre (que pode ser alta), mau hálito e a voz pode ficar, temporariamente, “fanhosa”. Durante o processo de cicatrização, é normal surgirem placas brancas ou amareladas na garganta, consideradas normais nesta fase. 
Em se tratando de crianças, nos primeiros dias, podem ter pesadelos à noite.

Cuidados

  • Evitar atividades fora de casa ou ao sol, que possam levar à batidas no nariz (jogar bola, andar de bicicleta, etc.). 

  • Repousar durante sete dias. 

Dieta

  • Após a cirurgia, nos dois primeiros dias, a dieta deve ser leve e líquida, devendo ser oferecido ao paciente somente alimento frio ou à temperatura ambiente. 

  • Não é permitida alimentação quente durante 7 dias. 

  • A criança pode tomar sorvetes de massa à vontade, leite, gelatina, iogurtes, mingau, pudim, leite batido com frutas/sorvete. 

  • Pode-se oferecer alimento batido em liquidificador ou amassado após o 30 dia (dieta pastosa).

Pós-Operatório da Cirurgia de Ouvido

Após o término da cirurgia, o paciente fica um certo período (variável de 30 minutos a 1 hora), na sala de “recuperação pós-anestésica”. Em seguida, vai para o quarto. O paciente pode chegar ao quarto um pouco confuso, sonolento e com um curativo ou uma faixa no ouvido operado. É possível que o paciente sinta dor de cabeça/ou nos ouvidos. Até os cinco dias seguintes pode ocorrer febre (que pode ser alta). 
É normal sentir o ouvido com audição reduzida nos primeiros dias após a cirurgia, pois fica um curativo dentro do canal do ouvido, que, posteriormente, será removido ou absorvido pelo próprio organismo. A audição retorna lentamente.
 

Cuidados

  • Não molhar o curativo de forma alguma. 

  • Não falar muito. 

  • Evitar lavar o cabelo na primeira semana – caso necessário, lave com o auxílio de um profissional, sempre mantendo um algodão embebido com óleo de amêndoas, como proteção dos ouvidos. 

  • Não assoar o nariz com força. Se necessário faça-o o mais suave possível. 

  • Se for espirrar ou tossir, faça-o com a boca bem aberta e “para fora”, pois os espirros retidos podem causar muito mal. 

  • Evitar deitar ao lado do operado. 

  • Repouso durante 7 dias. 

  • Não praticar esportes ou qualquer tipo de esforço físico durante 30 dias. 

  • Após a retirada do curativo, colocar apenas algodão seco no ouvido. É provável que saia umedecido com sangue, ou com pequenos pedaços de curativo interno, o que é normal.
     

Dieta

Após a cirurgia, a dieta deve ser leve, até a data marcada para o retorno. 

Pós-Operatório da Cirurgia Nasal (com tampão nasal)

Após o término da cirurgia, o paciente fica um certo período (variável de 30 minutos a 1 hora), na sala de “recuperação pós-anestésica”. Em seguida, vai para o quarto. O paciente pode chegar ao quarto um pouco confuso, e sonolento. Estará com um curativo no nariz, chamado tampão nasal, que pode estar umedecido com sangue, o que é normal. É possível a ocorrência de vômitos com a eliminação de um líquido escuro que lembra uma “borra de café”, via de regra, em quantidade, que não deve ser motivo para preocupação. Pode ocorrer febre e mau hálito na primeiras 48 horas. O tampão nasal incomoda bastante o paciente. É composto por duas partes: um curativo externo e outro interno. 
Frequentemente, ocorre uma secreção nasal com sangue residual, o que é perfeitamente normal. 

Cuidados

  •  Evitar atividades fora de casa ou ao sol, que possam levar à batidas no nariz. 

  • Se for espirrar ou tossir, faça-o de boca aberta. 

  • Não assoar o nariz por 14 dias. 

  • Repouso durante 7 dias. 

  • Durante o período em que estiver com o tampão, o paciente somente poderá espirrar pela boca. 

  • Passar manteiga de cacau ou vaselina líquida nos lábios, para que não fiquem ressecados. 

Dieta

  • Após a cirurgia, nos dois primeiros dias, a dieta deve ser leve, devendo se oferecido ao paciente somente alimento frio ou à temperatura ambiente. 

  • Não é permitido alimentação quente durante 5 dias

Pós-Operatório da Cirurgia Nasal (sem tampão nasal)

Após o término da cirurgia, o paciente fica um certo período (variável de 30 minutos a 1 hora), na sala de “recuperação pós-anestésica”. Em seguida, vai para o quarto. O paciente pode chegar ao quarto um pouco confuso, e sonolento. Estará com um curativo no nariz, chamado splint nasal, que pode esta umedecido com sangue, o que é normal. É possível a ocorrência de vômitos com a eliminação de um líquido escuro que lembra uma “borra de café”, via de regra, em quantidade, que não deve ser motivo para preocupação. Pode ocorrer febre, mau hálito e cefaléia frontal nas primeiras 48 horas. 
Frequentemente, ocorre uma secreção nasal com sangue escuro, que sai pelo nariz, o que corresponde à própria secreção nasal com sangue residual, o que é perfeitamente normal. 

Cuidados

  • Evitar atividades fora de casa ou ao sol, que possam levar à batidas no nariz. 

  • Se for espirrar ou tossir, faça-o de boca aberta 

  • Não assoar o nariz por 14 dias. 

  • Repouso durante 5 dias. 

  • Durante o período em que estiver com o splint, o nariz poderá ficar obstruído, dificultando a respiração, principalmente nos primeiros dias após a cirurgia. 

  • Passar manteiga de cacau ou vaselina líquida nos lábios, para que não fiquem ressecados. 

Dieta

  • Após a cirurgia, nos dois primeiros dias, a dieta deve ser leve, devendo se oferecido ao paciente somente alimento frio ou à temperatura ambiente. 

  • Não é permitido alimentação quente durante 5 dias